Empresas têm até o dia 31 de março para atualizarem informações perante o Bacen

Publicado por Natalia B. M. Magri, Isabela Amorim Diniz Ferreira , Bruno H. S. Guarnieri | Informativo | 23 . janeiro . 2020

Até 31/03/2020, todas as empresas nacionais receptoras de investimento estrangeiro direto devem atualizar as suas demonstrações financeiras, referentes à data-base de 31/12/2019, junto ao Banco Central (BACEN).

Da mesma forma, como obrigação adicional para empresas que tenham contabilizado patrimônio líquido e/ou ativo em valor igual ou superior a R$ 250 milhões, no exercício fiscal de 2019, deverá ser feita a atualização trimestral das suas demonstrações financeiras perante o BACEN, de acordo com os seguintes prazos:

(i)                 31/03/2020, referente à data-base de 31/12/2019;

(ii)              30/06/2020, referente à data-base de 31/03/2020;

(iii)            30/09/2020, referente à data-base de 30/06/2020; e

(iv)             31/12/2020, referente à data-base de 30/09/2020;

Cumpre destacar que a falta de atualização, assim como a atualização com erro, vício, informações falsas, incompletas ou fora do prazo poderá ensejar a aplicação de penalidades e/ou multa de até R$250 mil pelo BACEN.

O escritório Farroco Abreu Guarnieri Zotelli está à inteira disposição para auxiliar no cumprimento da obrigação, bem como para esclarecer quaisquer dúvidas.

 

 


Voltar para Página Anterior